00:00:00
18 Aug

Corpo de Alana Maranhão, finalista no Mundial de Atletismo sub-18, é enterrado em Paranavaí

Atleta foi encontrada morta em casa, no domingo (30). Polícia Civil está investigando o caso.

Alana Maranhão disputou o Campeonato Mundial Sub-18, no Quênia, em 2017 — Foto: Wagner Carmo/Divulgação/Prefeitura de Paranavaí
Alana Maranhão disputou o Campeonato Mundial Sub-18, no Quênia, em 2017 — Foto: Wagner Carmo/Divulgação/Prefeitura de Paranavaí

O corpo da atleta Alana das Neves Maranhão foi enterrado na manhã desta terça-feira (2) em Paranavaí, no noroeste do Paraná. De acordo com o Cemitério Municipal, o sepultamento ocorreu às 10h30.

Alana tinha 18 anos e foi encontrada morta em casa, em Paranavaí, na noite de domingo (30), conforme a Polícia Civil. A polícia informou que instaurou inquérito para apurar o caso e que trabalha com a possibilidade de que tenha se tratado de suicídio.

Em nota, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT) lamentou o falecimento de Alana. A CBAT expressou “o mais profundo pesar em nome da comunidade do atletismo pelo ocorrido”, além de condolências aos familiares e amigos.

Ainda segundo a confederação, em 2017, a atleta participou do Campeonato Mundial Sub-18 de Nairóbi, no Quênia, ao disputar as provas de lançamento de dardo. Ela se classificou ao conquistar a primeira colocação no ranking brasileiro.

Alana foi finalista do mundial e terminou a competição em 11º lugar.

You may be interested

Bolsonaro diz que ‘não pode existir’ prisão para PM que algemar de ‘forma irregular’
Presidente
8 Visualizações
Presidente
8 Visualizações

Bolsonaro diz que ‘não pode existir’ prisão para PM que algemar de ‘forma irregular’

Carlos Nascimento - 16/08/2019

Projeto do abuso de autoridade, aprovado pela Câmara, prevê pena de seis meses a dois anos de detenção para quem submeter o preso ao uso de algemas…

‘Crime impossível’, diz polícia sobre mulher que insistiu em retirar prêmio da Mega-Sena com bilhete falsificado em MT
Policia
7 Visualizações
Policia
7 Visualizações

‘Crime impossível’, diz polícia sobre mulher que insistiu em retirar prêmio da Mega-Sena com bilhete falsificado em MT

Carlos Nascimento - 16/08/2019

Segundo a polícia, ficou entendido que a jovem utilizou 'de meio absolutamente ineficaz' para tentar aplicar o golpe, configurando crime impossível. Bilhete foi falsificado, segundo a Polícia…

Laudo preliminar de perícia sugere que liderança indígena do Amapá não foi assassinada
Crimes
8 Visualizações
Crimes
8 Visualizações

Laudo preliminar de perícia sugere que liderança indígena do Amapá não foi assassinada

Carlos Nascimento - 16/08/2019

PF informou nesta sexta-feira (16) que indícios são de afogamento. Cacique morreu em julho. Polícia Federal enviou equipes para investigar morte de líder indígena e possível invasão…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category