00:00:00
22 Oct

Com dois ouros no Mundial, Ana Marcela aumenta sua lista de recordes e conquistas

Brasileira sai do Mundial de Gwangju com dois ouros, vaga olímpica, única tetracampeã de uma prova, maior medalhista da história da competição e muito mais

Incansável! Com dois ouros no Mundial, Ana Marcela aumenta sua lista de recordes e conquistas
Satiro Sodré

Incansável é a melhor palavra que define a nadadora Ana Marcela Cunha, que conquistou no Mundial de esportes aquáticos na Coreia do Sul as medalhas de ouro nos 5km e 25km, além do quinto lugar que lhe garantiu uma vaga olímpica em Tóquio 2020. Aos 27 anos, coleciona uma série de recordes que vão desde marcas em sua modalidades, como números que a colocam como uma das maiores da história do esporte nacional.

Mulher com mais medalhas no Mundial de Esportes Aquáticos

Com onze medalhas em Campeonatos Mundiais de Esportes Aquáticos, Ana Marcela se isolou como a mulher com mais pódios nas águas abertas na história da competição. São cinco ouros, duas pratas e quatro bronzes. Ela passou a holandesa Edith Van Dijk, que tem nove.

Ana Marcela tetracampeã — Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br
Ana Marcela tetracampeã — Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br

Única mulher tetracampeã mundial de uma prova

Com o quarto título conquistado na prova dos 25km, ela se tornou a primeira mulher a levar o tetra de uma mesma prova nos Mundiais de esportes aquáticos.

Ana Marcela batendo na chegada dos 25km — Foto: Chung Sung-Jun / Staff
Ana Marcela batendo na chegada dos 25km — Foto: Chung Sung-Jun / Staff

Única tri seguida dos 25km

Ela se tornou a primeira mulher do mundo a ganhar três vezes seguidas a prova dos 25km, já que venceu também em 2015 (Kazan, Rússia) e 2017 (Budapeste, Hungria)

Única mulher a ir ao pódio nos cinco Mundiais da década

Na sua lista de medalhas, Ana Marcela foi ao pódio ao menos uma vez em cada um dos últimos cinco Mundiais. Nenhuma mulher conquistou medalha nas cinco competições desta década.

Ana Marcela e Aurelie Muller — Foto: Satiro Sodré
Ana Marcela e Aurelie Muller — Foto: Satiro Sodré

Mulher com mais medalhas em Campeonatos Mundiais de esportes olímpicos

Se pegarmos todas as modalidades olímpicas, Ana Marcela é, disparado, a mulher brasileira com mais medalhas em Campeonatos Mundiais. A segunda desta lista é outra nadadora, Etiene Medeiros, com oito. Mayra Aguiar, do judô, tem seis.

É sempre válido lembrar que, além das 11 medalhas em Mundiais de Esportes Aquáticos, ela tem um bronze conquistado em 2010 em um Mundial só de águas abertas. Essa competição não existe mais mas foi, por uma década, um evento de enorme relevância.

Ana Marcela nos 5km — Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br
Ana Marcela nos 5km — Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br

O último baluarte

Entre as mulheres que estiveram na primeira aparição olímpica do esporte, em Pequim 2008, Ana Marcela é a única que estará em Tóquio 2020.

Hall da fama

Por conta de todos seus títulos, Ana Marcela entrou, no ano passado, para o Hall da Fama das águas abertas

Indução de Ana Marcela Cunha no International Marathon Swimming Hall of Fame — Foto: Divulgação
Indução de Ana Marcela Cunha no International Marathon Swimming Hall of Fame — Foto: Divulgação

Atleta mais vezes eleita a melhor do mundo

A Federação Internacional de Natação (FINA) já elegeu Ana Marcela a melhor nadadora do mundo em cinco oportunidades: 2010, 2014, 2015, 2017 e 2018. Nenhum atleta, homem ou mulher, tem essa marca.

Atleta com mais títulos do Circuito Mundial

As águas abertas têm um Circuito Mundial na temporada, com etapas espalhadas pelo mundo inteiro. Ela já venceu o Circuito em quatro oportunidades, marca que ninguém possui na modalidade. E, esse ano, ela lidera com folga a classificação.

Atleta com mais vitórias em etapas do Circuito Mundial

Com 23 medalhas de ouro em etapas do Circuito Mundial, é a maior vencedora, entre homens e mulheres, da história da modalidade

Ana Marcela Cunha é ouro nos 5km no Mundial — Foto: Satiro Sodré/Rededoesporte.gov.br
Ana Marcela Cunha é ouro nos 5km no Mundial — Foto: Satiro Sodré/Rededoesporte.gov.br

You may be interested

Cidade do Pôr do Sol mais bonito do Brasil sedia 28º Torneio de Pesca ao Tucunaré
Brasil
Brasil

Cidade do Pôr do Sol mais bonito do Brasil sedia 28º Torneio de Pesca ao Tucunaré

Carlos Nascimento - 22/10/2019

Com objetivo de divulgar o potencial turístico da Estância de Presidente Epitácio e promover o lazer e a confraternização entre os amantes da pesca esportiva, a Secretaria…

Gabarito do concurso SME-SP 2019 para Auxiliar Técnico em Educação é divulgado
Educação
Educação

Gabarito do concurso SME-SP 2019 para Auxiliar Técnico em Educação é divulgado

Carlos Nascimento - 22/10/2019

22/10/2019 14:00A Escola de Dança Teatro Guaíra já abriu processo seletivo para contratação de três professores, sendo duas vagas para Dança Clássica e uma para Dança Clássica/Contemporânea.…

CPI do BNDES não sugere indiciamento de Lula e Dilma
Crimes
Crimes

CPI do BNDES não sugere indiciamento de Lula e Dilma

Carlos Nascimento - 22/10/2019

Gary, localizada no estado americano de Indiana, foi considerada a cidade mais miserável dos Estados Unidos, numa lista de 50 municípios com altos índices de pobreza, segundo…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category