00:00:00
22 Oct

CBF confirma sueca Pia Sundhage como nova treinadora da seleção brasileira feminina

Bicampeã olímpica com os EUA, técnica de 59 anos chega para substituir Vadão após participação na Copa do Mundo

CBF confirma sueca Pia Sundhage como nova treinadora da seleção brasileira feminina
Laís Torres/CBF

A seleção brasileira feminina tem uma nova comandante oficialmente. A CBF anunciou nesta quarta-feira a contratação da sueca Pia Sundhage, de 59 anos, para ser treinadora do time nacional, substituindo Vadão, demitido após a participação na Copa do Mundo, na França. O contrato terá dois anos de duração, que podem ser renovados por mais dois.

Segundo comunicado da CBF, a negociação entre Sundhage e o presidente da entidade, Rogério Caboclo, foi concluída na tarde da última quarta-feira – dois dias depois da demissão de Vadão. As conversas vinham acontecendo desde o começo do mês, quando Caboclo procurou a treinadora, que se mostrou aberta a uma proposta.

O mandatário da CBF exaltou a primeira treinadora estrangeira a comandar a Seleção feminina, dizendo que ela “reflete a nova dimensão” que a entidade quer dar ao futebol feminino no Brasil.

– A partir da sua chegada, desenvolveremos um planejamento totalmente integrado entre a Seleção Principal e a base, equilibrando objetivos de curto prazo, como Tóquio 2020, com a renovação contínua dos nossos talentos. Pia reúne a experiência e o talento perfeitos para isso. É uma enorme alegria termos essa lenda do futebol feminino no nosso time – disse.

Pia Sundhage estava no comando da seleção sub-16 feminina dos Estados Unidos, após uma trajetória vitoriosa à frente da equipe principal. Sob o comando da sueca, o time norte-americano conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, e 2012, em Londres, além de ser vice-campeão mundial em 2011.

Após a passagem pelos EUA, Sundhage foi chamada para comandar a seleção sueca. Voltou a ter sucesso, conquistando a medalha de prata na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, e deixou o time europeu em 2017, após eliminação nas quartas de final da Eurocopa.

A profissional de 59 anos é ex-jogadora, tendo disputado duas Copas do Mundo (1991 e 1995) e uma Olimpíada (1996), somando 144 jogos e 71 gols com a camisa da seleção sueca. Sua trajetória fora das quatro linhas no Boston Breakers, e sua ascensão se deu como auxiliar técnica da seleção da China, com quem disputou o Mundial de 2007.

You may be interested

Cidade do Pôr do Sol mais bonito do Brasil sedia 28º Torneio de Pesca ao Tucunaré
Brasil
Brasil

Cidade do Pôr do Sol mais bonito do Brasil sedia 28º Torneio de Pesca ao Tucunaré

Carlos Nascimento - 22/10/2019

Com objetivo de divulgar o potencial turístico da Estância de Presidente Epitácio e promover o lazer e a confraternização entre os amantes da pesca esportiva, a Secretaria…

Gabarito do concurso SME-SP 2019 para Auxiliar Técnico em Educação é divulgado
Educação
Educação

Gabarito do concurso SME-SP 2019 para Auxiliar Técnico em Educação é divulgado

Carlos Nascimento - 22/10/2019

22/10/2019 14:00A Escola de Dança Teatro Guaíra já abriu processo seletivo para contratação de três professores, sendo duas vagas para Dança Clássica e uma para Dança Clássica/Contemporânea.…

CPI do BNDES não sugere indiciamento de Lula e Dilma
Crimes
Crimes

CPI do BNDES não sugere indiciamento de Lula e Dilma

Carlos Nascimento - 22/10/2019

Gary, localizada no estado americano de Indiana, foi considerada a cidade mais miserável dos Estados Unidos, numa lista de 50 municípios com altos índices de pobreza, segundo…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category