Ator é demitido de ‘The Flash’ por comentários racistas e contra as mulheres

O ator americano Hartley Sawyer foi demitido da série “The Flash“, do universo da DC Comics, após o ressurgimento de antigas mensagens racistas e misóginas de sua conta no Twitter.

“Hartley Sawyer não retornará para a sétima temporada de ‘The Flash’”, divulgaram nesta segunda-feira (8) os produtores em comunicado à imprensa. A mensagem afirma que não serão toleradas “mensagens depreciativas contra nenhuma raça, origem étnica, gênero ou orientação sexual”.

“Estes tipos de comentários são antiéticos e vão contra nossos valores e políticas”, acrescentaram sobre Sawyer, que interpretava o personagem de Ralph Dibny e seu alter ego Homem Elástico na série.

Entre os antigos tweets do ator, de 35 anos, há mensagens como: “Só o que me impede de escrever coisas moderadamente racistas é saber que (o ativista) Al Sharpton nunca pararia de reclamar de mim”. Em outras, o ator fazia referência a estupros e depreciava mulheres.

As mensagens voltaram a repercutir nesta semana, após vários usuários do Twitter chamarem atenção sobre famosos que consideram racistas.

O movimento também é derivado dos protestos contra a discriminação racial que ganharam força após a morte de George Floyd, homem negro sufocado até a morte pelo policial branco Derek Chauvin enquanto era detido.

“(As mensagens) partiram o meu coração e fiquei muito enojado, e são um sinal do grande problema que temos em nosso país”, escreveu Eric Wallace, produtor executivo da série.

Wallace reafirmou o compromisso de “realizar uma mudança permanente no ambiente de trabalho de ‘The Flash’”.

“É um programa familiar, mas é para todas as famílias. Para proporcionar isto, continuaremos buscando roteiristas, diretores e atores negros de todos os sexos para que ajudem a contar as hisótias de ‘The Flash’”, analisou.

Em meio às críticas, Sawyer, que foi integrado ao elenco em 2017 como convidado especial e acabou se tornando um personagem permanente no ano seguinte, recorreu às redes sociais para dizer que está “envergonhado por ter sido capaz de fazer essas horríveis tentativas de chamar a atenção sem parar para pensar ou reconhecer o dano que poderiam causar”.

“Lamento profundamente. Esse comportamento não é aceitável. Hoje em dia, me dou conta (do impacto)”, escreveu o ator.

*Com EFE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui