Avó de Maddie McCann morre de Covid-19

A avó paterna de Madeleine McCann morreu, aos 80 anos, vítima de Covid-19. Eileen McCann morreu em maio, apenas algumas semanas antes de a polícia alemã ter identificado um novo suspeito no caso da menina que desapareceu no Algarve, em Portugal, em 2007.

A mulher, de Glasgow, viveu em Portugal onde ajudava o filho e a nora a procurarem a neta. Na ocasião, Eileen chegou a afirmar que quando perdeu o marido, pensou que o seu mundo tinha colapsado, mas que o desaparecimento de Maddie era afinal 100 vezes pior do que isso.

Juntamente com outros familiares, Eillen foi uma das responsáveis por lançar uma campanha a nível global para chamar a atenção para o desaparecimento da menina e tentar encontrar o seu raptor.

Eillen morreu numa ocasião em que novos desenvolvimentos sobre o caso estãosendo descobertos, com o alemão Christian Brückner surgindo como o principal suspeito do rapto e morte de Maddie. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui