Bruno Funchal deve ser o novo secretário do Tesouro Nacional

O economista Bruno Funchal deve ser nomeado o novo secretário do Tesouro Nacional, do Ministério da Economia. O nome teria sido escolhido pelo ministro Paulo Guedes após a saída de Mansueto de Almeida.

A informação foi dada pela apresentadora e comentarista Denise Campos de Toledo no Jornal Jovem Pan, durante entrevista com diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI), Felipe Salto. “Conheci o Bruno quando ele foi secretário do Espírito Santo e é um quadro muito qualificado, uma boa escolha. Tudo indica que é uma tendência de continuar o trabalho importante que o Mansueto vinha fazendo”, avaliou Salto.

Funchal é atualmente diretor de Programas da pasta da Economia e já foi secretário da Fazenda do estado do Espírito Santo.

Mansueto justifica saída

Em entrevista ao Jornal da Manhã nesta segunda, Mansueto explicou que a decisão de deixar o governo de Jair Bolsonaro “foi pessoal”. Ele disse que tinha duas opções: ou sair em agosto ou ficar até o fim do governo, em 2022.

“No segundo semestre vão ser discutidas políticas pós-Covid-19, de recuperação econômica e reajustes estruturais. Não faria sentido começar isso e sair no fim do ano, então ou eu saía agora ou ficava até o fim do governo. E isso seria muito tempo, 6 anos e meio. É um pouquinho cansativo”, justificou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui