Cole Sprouse relata prisão durante protesto contra racismo nos EUA

O ator Cole Sprouse, da série “Riverdale”, relatou que foi preso no domingo (31) durante participação em protesto contra o racismo na Califórnia, nos Estados Unidos.

O ato foi um dos centenas registrados no país desde a morte de George Floyd por um policial. No Instagram, Sprouse contou que foi encurralado com um grupo de pessoas pela polícia em um protesto pacífico.

“Fui detido enquanto me manifestava em solidariedade, assim como muitos da vanguarda final em Santa Monica. Nos deram a opção de ir embora, e fomos informados que, se não saíssemos, seríamos presos. Quando muitos se viraram para sair, encontramos uma outra fileira de policiais bloqueando nossa rota. Nesse momento, eles começaram a nos prender”, escreveu o ator.

Sprouse ainda apelou para que a mídia não destacasse a história dele em detrimento das reivindicações dos movimentos sociais que estão nas ruas pedindo o fim do racismo. “Precisa ser dito que, como um heterossexual branco e figura pública, as consequências do meu encarceramento não são nada comparadas às de outros membros deste movimento.”

“Essa narrativa NÃO É sobre mim e eu espero que a mídia não a represente deste jeito. Este é, e sempre será, o momento de ficar perto dos outros enquanto a situação piora para mostrar apoio e fazer a coisa certa. Esse é o momento de contemplar o significado de ser um aliado. Espero que outros na minha posição façam o mesmo”, completou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui