Economista Bruno Funchal substituirá Mansueto Almeida na Secretaria do Tesouro Nacional

Bruno Funchal é o escolhido para substituir Mansueto Almeida no Tesouro Nacional
O ministro da Economia, Paulo Guedes, já escolheu o novo secretário do Tesouro Nacional. Será o economista Bruno Funchal. Ele assumirá o cargo em 31 de julho, segundo informou nota do Ministério da Economia (leia a íntegra da nota ao final desta reportagem).
Funchal é diretor de Programas do Ministério da Economia e já foi secretário de Fazenda do Espírito Santo, uma das unidades da federação com as contas públicas mais equilibradas e única com nota A no “rating” do Tesouro.
Ele vai assumir o lugar do atual secretário, Mansueto Almeida, que deixará o governo.
O futuro secretário terá o desafio de recolocar a economia no caminho do ajuste das contas públicas, após o “desvio” motivado pela pandemia do coronavírus.
Caberá a ele, por exemplo, negociar com o Congresso Nacional a aprovação de reformas importantes para o equilíbrio fiscal do país.
No Tesouro, Mansueto foi um dos interlocutores para a aprovação da reforma da Previdência. O plano criado pelo governo federal para possibilitar o equilíbrio das contas dos estados e do DF chegou a ser apelidado de “Plano Mansueto”. Com a crise do coronavírus, o Congresso preferiu aprovar um auxílio específico a estados e municípios para o enfrentamento da pandemia.
Entrevista
Nesta segunda-feira (15), em entrevista à GloboNews, Mansueto Almeida disse que que já vinha pensando em deixar o governo. Ao comentar a crise causada pela pandemia de coronavírus, ele afirmou que o mundo todo foi pego de surpresa e que o país vai ter que aprender a reagir melhor a esse tipo de desafio.
“Todos os países do mundo vão ter que mudar a forma de reagir a esses problemas inesperados. O setor público tem que estar preparado. Achamos que há espaço pra melhorar o tempo de resposta do serviço público. É um desafio para todos os governos do mundo”, disse Mansueto.
Veja a entrevista completa:
Decisão difícil, diz Mansueto Almeida sobre pedido de demissão do Ministério da Economia
Nota do Ministério da Economia
Leia abaixo a íntegra de nota do Ministério da Economia sobre a substituição de Mansueto Almeida por Bruno Funchal:
NOTA À IMPRENSA
Ministério da Economia terá novo Secretário do Tesouro Nacional
O economista Bruno Funchal deverá assumir o cargo definitivamente em 31 de julho
O Ministério da Economia comunica que iniciou a transição no comando da Secretaria do Tesouro Nacional. O economista Bruno Funchal assumirá o cargo definitivamente em 31 de julho.
Ele é bacharel pela Universidade Federal Fluminense. É doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) – RJ, com pós-doutorado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada – IMPA. É professor titular da FUCAPE Business School. Foi pesquisador visitante na Universidade da Pensilvânia.
Em 2017 e 2018, Funchal foi Secretário de Fazenda do Espírito Santo e um dos responsáveis pelo processo de ajuste das contas públicas. Estava no cargo quando o estado foi o único que recebeu nota A do Tesouro Nacional.
Desde o início do governo Jair Bolsonaro, ele integra a equipe da secretaria de Fazenda como diretor de programa e trabalha pelo ajuste fiscal do país. Foi um dos técnicos responsáveis para elaboração do projeto do Pacto Federativo.
O Ministério da Economia agradece a Mansueto Almeida pelo compromisso com a equipe que chegou com o novo governo e por todo trabalho realizado à frente do Tesouro Nacional em prol do reequilíbrio das contas do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui