Falso delegado é preso em Nova Iguaçu

Flávio Yanoff Tsitsa, que se apresentava como o delegado titular da 58ª DP (Posse), Roberto Cardoso, acabou preso e autuado pelo crime de falsidade ideológica, na delegacia da Posse, pelo verdadeiro delegado. Flávio freqüentava estabelecimentos comerciais, e depois de comer e beber, anunciava que não pagaria a despesa, pois era o delegado Roberto Cardoso, e que tinha o poder de fechar ” aquela espelunca”‘, saindo do local.

Um comerciante que fora visitado duas vezes por Flávio, comunicou o fato à delegacia, que localizou o falso delegado num Citroen. Flávio foi reconhecido pelo comerciante. De acordo com o delegado Roberto Cardoso, Flávio disse na delegacia que era um empresário bem sucedido e dono de seis padarias, mas não soube informar o endereço dos estabelecimentos. Ainda, querendo impressionar os agentes, Flávio alegou ser jornalista e amigo de coronéis.

 

Deixe uma resposta