Governo quer liberar crédito tributário de banco que emprestar para micro e pequenas empresas

O governo anunciará nos próximos dias a liberação de créditos tributários dos bancos que ampliarem linhas de crédito para micro e pequenas empresas.
A medida conjunta do Banco Central e da Receita Federal, antecipada ao blog por duas fontes com conhecimento no tema, tem como meta estimular a concessão de crédito para pequenas empresas.
Essas empresas têm enfrentado dificuldades de acesso ao crédito, apesar dos programas específicos lançados pelo governo, como de financiamento da folha de pagamento (Fopas), ou o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), com garantia do Tesouro Nacional de até 85% dos recursos. A ajuda se tornou ainda mais essencial para as empresas devido à pandemia do coronavirus.
Governo anuncia regulamentação do programa de crédito para micro e pequenas empresas
Uma leitura feita na área econômica do governo é que, mesmo com as correções a serem feitas para tornar as linhas de crédito mais atrativas, um entrave é a pequena margem dos bancos, que precisam desenhar programas de baixo custo para conseguir estruturar empréstimos para micro e pequenas empresas.
Nessa faixa, a média dos empréstimos é estimada em R$ 20 mil (micro) e R$ 100 mil (pequenas).
A liberação de créditos tributários, pleito antigo dos bancos, ajuda a irrigar com capital as instituições financeiras. Nesse caso, os valores liberados teriam que ser destinados à concessão de crédito para essa faixa de faturamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui