Japinha, do CPM 22, confirma mensagens de cunho sexual para fã de 16 anos; baixista deixa a banda

O baterista Japinha, da banda CPM 22, confirmou ao G1 a veracidade de mensagens de cunho sexual vazadas nesta semana à uma fã de 16 anos. O print, que mostra mensagens trocadas entre janeiro e março de 2012, foi publicado pelo perfil  “Exposed emo” no Twitter.

Ao G1, Japinha disse que as mensagens são verdadeiras, mas a intenção era fazer “brincadeiras” sem “intenção de seduzir”. Na conversa com a jovem que pedia para conhecer a banda, o baterista se diz “ciumento”, pergunta se ela tem namorado e se “já fez amor”. Na época, Japinha tinha 36 anos, mas não revelou sua idade mesmo quando a fã questionou.

As mensagens foram publicadas nas redes sociais no dia 4 de junho. Após a repercussão do caso, o baixista Fernando Sanches anunciou na terça-feira (9) sua saída do CPM 22. Ele não explicou o motivo de deixar a banda.

Em nota no Instagram, Japinha disse que quem o conhece “de verdade, sabe da minha índole e do meu caráter” e que nunca “agiria com o intuito de machuca alguém”. O baterista ainda acrescentou que acionou advogados para evitar fake news sobre ele. Os comentários em todos os posts no Instagram foram desativados.

Mensagens verdadeiras

Em entrevista ao G1 na terça-feira (9), Japinha afirmou que mensagens são incômodas até para ele, e que nunca chegou a conhecer pessoalmente a menina que compartilhou os prints.

“Essa específica realmente incomoda, incomoda até a mim. Eu fiz uma brincadeira naquele momento com a menina. (…) Estava rolando um clima meio de paquera, porque ela estava puxando papo comigo. Ela veio me procurar. Aí eu perguntei se ela tinha namorado. Ela falou que sim. Aí eu recuei. Brinquei e falei que não, eu tinha ciúmes. E aí ela falou que tinha 16 também, aí que eu recuei mais. Eu não tenho essa mania. Eu não gosto. Na estrada, chegava ao ponto de eu pedir RG para as meninas para não ter que tomar nenhum susto nesse sentido. E o principal: eu nunca vi essa menina pessoalmente. Nunca falei com ela.”

Em outro trecho, Japinha se diz arrependido da conversa pela “dor de cabeça” que gerou. O músico nega que já tenha ficado com menores de idade, pois até “pedia RG” antes de se relacionar com fãs. “Mas conversar não mata ninguém. Eu não fiquei falando que queria… Tudo bem, teve um papo lá de virgindade. Eu até brinquei em relação a virgindade. Mas nunca querendo… sabe? Depois que ela falou que tinha namorado, eu já evito mulher com namorado. E já brinquei falando que tinha ciúme. Foi esse o sentido da conversa.”

“Vou falar uma coisa. Várias vezes na minha vida, até por essa questão da lei… Não que eu tenha essa vontade, que goste de meninas de tal idade, não tenho isso. Eu várias vezes evitei de ficar com menores de idade, com meninas até bonitas, até crescidas e interessantes, por saber que podia dar dor de cabeça. (…) Provavelmente recuaria se visse aquela menina e ela estivesse solteira. Com namorado muito menos. Tanto que a conversa não passou de uma esfera virtual. Não saiu dali. Não vi a menina no dia do show.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui