Operação da PF prende cinco pessoas e desarticula quadrilha que distribuía drogas no RS e no Uruguai


Duas pessoas foram presas em Santa Catarina e três no Rio Grande do Sul. Também foram apreendidos R$ 31,2 mil, em Santana do Livramento, e R$ 10 mil em Rio Grande. Operação da PF apreendeu valores em reais e em pesos uruguaios
PF/Divulgação
A Polícia Federal realizou, nesta segunda-feira (9), a Operação Cem Libras, para desarticular uma organização criminosa responsável pelo tráfico interestadual e internacional de drogas, principalmente no Sul do RS e no Uruguai. Até a publicação desta reportagem, duas pessoas haviam sido presas em Santa Catarina e três, no Rio Grande do Sul.
Foram cumpridos nove mandados de prisão e 23 de busca e apreensão em Pelotas, Rio Grande, Santana do Livramento e Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, e em São José e Itapema, em Santa Catarina. Também foram cumpridas ordens judiciais para bloqueio de contas bancárias e o sequestro de veículos, medida usada para tirar o poder econômico da organização criminosa.
Foram apreendidos R$ 31,2 mil, em Santana do Livramento, e R$ 10 mil em Rio Grande, conforme a PF.
As investigações, iniciadas em fevereiro deste ano, revelaram que o grupo trazia cocaína e maconha do Paraguai para o Brasil pela região de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. A organização criminosa, segundo a PF, transportava a droga até a região de Florianópolis e movimentava o entorpecente em remessas regulares para Pelotas, Rio Grande e Bagé.
Ao longo deste ano, foram realizadas apreensões e prisões de pessoas transportando drogas nessas cidades e também em Guaíra, no Paraná. Também foram interceptadas remessas de dinheiro em Florianópolis, Porto Alegre e Irati, no Paraná.
As apreensões realizadas na fase investigativa da Operação Cem Libras totalizaram R$ 753 mil; 10 mil dólares; 236,7 quilos de cocaína; 5,3 toneladas de maconha; 43,5 quilos de skunk e duas carretas utilizadas no transporte dos entorpecentes.
Confira os destaques do RBS Notícias: