Secretário de Transportes de SP pede demissão após ultimato de Covas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O secretário Municipal de Transportes, Edson Caram, apresentou nesta sexta-feira (12) pedido de exoneração à Prefeitura de São Paulo. O prefeito Bruno Covas (PSDB) ameaçou demitir o chefe da pasta, no início da semana, se os ônibus continuassem rodando com passageiros em pé.

“O secretário [de transportes, Edson Caram] tem até sexta (12) para conseguir fazer isso [que os ônibus não tenham pessoas em pé]. Se até sexta ele não conseguir fazer isso, a partir de segunda é outro secretário que vai tentar fazer”, disse Covas se referindo ao fato de coletivos circularem lotados na capital paulista e com pessoas em pé, descumprindo determinação da gestão tucana.

Em nota, o governo municipal afirmou que o prefeito aceitou a decisão, além de solicitar para que Caram permaneça no cargo “por mais alguns dias”, até que um substituto seja escolhido para assumir a secretaria.

A prefeitura foi questionada sobre o prazo para a escolha do novo secretário, mas não havia se posicionado até a publicação desta reportagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui