SP tem 325 óbitos por covid-19; contagem de casos sofre instabilidade

O Estado de São Paulo registrou entre esta quarta, 17, e quinta, 18, 325 óbitos por causa do novo coronavírus, um aumento de 2,82% em 24h. O secretário de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, informou que o Estado arrolou ao todo, desde o início da pandemia, 11.846 mortes.

Germann afirmou também que o Estado tem tido problemas, que persistem desde ontem (17), com a contagem de casos confirmados pela plataforma e-SUS, o sistema nacional que faz o levantamento ambulatorial dos casos mais amenos da doença lançados no sistema.

Ele informou que a secretaria tem acionado o Ministério da Saúde para saber a origem do problema e como isto está sendo tratado em outros estados que fazem o mesmo tipo de apontamento. “Esperamos que seja uma instabilidade do sistema porque dependemos muito desses números não só para a questão da informação ao público, que é fundamental, mas também para o uso dos dados nacionais para os nossos planos”, afirmou.

Segundo dados divulgados pelo secretário, entre ontem e hoje o Estado registrou 1.111 novos casos, um aumento de 0,58% em 24h. Ao todo, São Paulo registrou 192.628 casos confirmados da doença.

De acordo com Germann, o índice de ocupação dos leitos de UTI no Estado é de 67% e na região metropolitana da capital, de 71,3%. Ontem (17), as taxas eram de 70,6% no Estado e de 77,1% na Grande São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui