Trump sugere que idoso ferido pela polícia possa ter encenado

O Presidente dos EUA, Donald Trump, sugeriu nesta terça-feira (9) que o manifestante de 75 anos que foi ferido após ter sido empurrado pela polícia no estado de Nova York pode ter encenado esse episódio. Na passada semana, o vídeo de uma manifestação na cidade de Buffalo, no estado de Nova York causou onda de indignação por revelar imagens de um idoso, Martin Gugino, sendo empurrado por dois polícias antes de cair no chão, durante uma manifestação contra o racismo.

Uma declaração inicial das autoridades disse que o manifestante, que estava sangrando e parecia ter perdido a consciência, “tropeçou e caiu”.

Mas, perante a indignação provocada pelas imagens, os dois agentes envolvidos foram suspensos e foi aberta uma investigação.

Hoje, Donald Trump usou a sua conta pessoal da rede social Twitter para sugerir que a queda de Gugino possa ter sido uma encenação.

“O manifestante de Buffalo empurrado pela polícia pode ser um provocador da Antifa”, escreveu o Presidente, referindo-se ao movimento antifascista que acusa de ter fomentado episódios de violência em sequência da morte do afro-americano George Floyd.

Donald Trump fez, em seguida, referência, um pouco confusa, a uma reportagem de um canal televisivo segundo a qual o manifestante teria procurado interceptar as comunicações da polícia.

“Teria sido uma encenação?”, interrogou o Presidente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui