Zoom não oferece encriptação gratuita porque quer ajudar a polícia

A Zoom veio a público confirmar que, de fato, não vai oferecer encriptação ponto a ponto no seu serviço de videoconferência para os usuários que usem a plataforma gratuitamente. Mais do que a confirmação, o CEO Eric Yuan parece ter explicado o motivo por trás desta decisão.

“Não queremos dar [encriptação] aos utilizadores gratuitos. Porque também queremos trabalhar com o FBI e autoridades locais, caso algumas pessoas usem o Zoom com objetivos maus”, afirmou Yuan na mais recente apresentação de resultados financeiros de acordo com o Engadget.

O consultor de segurança da Zoom e ex-colaborador do Facebook, Alex Stamos, explicou posteriormente que a empresa quer encontrar um “equilíbrio” de forma a “reduzir o impacto humano no abuso do seu produto”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui